Os principais erros das startups nas Mídias Sociais

Depois de alguns anos imerso no universo do empreendedorismo acredito que não basta apenas ter uma ideia inovadora para criar uma startup de sucesso. Na prática, inclusive, não existe glamour. Esqueça essa ilusão que te venderam. Quando você é dono do seu negócio, você trabalha dobrado e tem que ter muita resiliência para seguir em frente. Só os fortes sobrevivem. A execução vale muito mais do que uma boa ideia. Uma ideia sem execução é apenas uma ideia, que não vale de nada. Além de trabalhar duro para transformar um negócio, muitas vezes escalável, geralmente é necessário ainda convencer investidores e potenciais clientes de que a solução desenvolvida pela sua startup é relevante e realmente resolve algum problema específico. É nesse momento que as startups começam a enxergar as mídias sociais como impulsionadoras do negócio.

 

De fato, as mídias sociais são ferramentas imprescindíveis para gerar maior visibilidade à marca e proximidade com o público-alvo, ampliando o relacionamento, entretanto nem sempre essas plataformas são utilizadas da maneira ideal. Observo que as startups ainda dão muita importância para a tecnologia, mas pouca importância para o marketing. Geralmente é desproporcional. Por isso separei alguns dos principais erros das startups nas mídias sociais, dicas do que fazer para evitá-los, além de um lista para inspiração e imersão completa no ecossistema de startups.

 

ERRO 1Não explorar o potencial das mídias sociais para o seu negócio

 

 

As startups precisam saber explorar melhor todo o potencial das mídias sociais, como FacebookYouTubeTwitterInstagram e Linkedin. Porém, existem várias etapas antes do domínio das ferramentas. O primeiro passo para as startups nas mídias sociais é sempre o planejamento digital, a fim de entender como funciona o seu mercado na internet e o comportamento do seu consumidor nas mídias sociais. Criar um cronograma de conteúdo, analisar os concorrentes e mapear o comportamento do público-alvo é fundamental para identificar em quais canais a sua marca deve ter presença mais ativa. Não adianta criar um perfil em todas as plataformas se seu consumidor não está lá, ou se você não tem estrutura e estratégia de comunicação profissional, personalizada, interativa e atenta às métricas.

 

ERRO 2. Investir pouco esforço na interação com o seu público no ambiente digital

 


A interação com o seu público no ambiente digital deve estar alinhada ao modelo de negócio e a personalidade da sua marca. Startups que possuem modelos de negócios B2B (business to business), podem trabalhar, por exemplo, em ter uma boa atuação no Linkedin para interagir com um público mais qualificado e posicionar-se como autoridade no segmento. Neste canal, a sua startup pode participar ativamente de grupos de discussão e ter contato com influenciadores estratégicos que podem experimentar seu produto/serviço e muitas vezes até colaborar no desenvolvimento e reputação da sua marca. Já as startups com modelos de negócio B2C(business to consumer) podem ter uma comunicação mais efetiva com seu público usando oFacebook, Instagram ou Youtube, por exemplo. Canais que possibilitam sua startup interagir instantaneamente com seguidores, criar ações promocionais, tutoriais, compartilhar novidades e dicas valiosas, além de poder humanizar e proporcionar entretenimento, identificação, experiências e estimular o engajamento com clientes ou possíveis clientes, de uma maneira criativa.

 

ERRO 3. Criar estratégias de conteúdo ineficientes

 

As mídias sociais provavelmente serão parte integrante da sua estratégia de comunicação digital. Nesse sentido, as startups nas mídias sociais devem estar ligadas às novas tendências para direcionar seus esforços de forma assertiva. Diversificar canais, realizar testes A/B, utilizar Bots, vídeos, gifs, promover novos formatos criativos de distribuição de conteúdo e ações com influenciadores digitais são algumas das principais tendências para 2017. Além de publicar conteúdos relevantes para que sua startup não seja ignorada, as startups nas mídias sociaisprecisam ficar atentas às métricas, principalmente para identificar e entender melhor o comportamento do seu consumidor, tendências de mercado e novas oportunidades. Fatores essenciais para elaborar estratégias consistentes e melhorias no seu produto ou serviço, por exemplo. Essa prática, faz com que os conteúdos sejam cada vez melhores e obtenham assim, um desempenho positivo.

 

ERRO 4. Não apostar nas mídias sociais como estratégia de crescimento

 

 

Uma pesquisa promovida pelo LinkedIn, revelou que as mídias sociais são ainda mais importantes para as startups – 91% de todo o grupo pesquisado disseram que as mídias sociais ajudaram a aumentar o posicionamento da marca no digital, enquanto 82% disseram que as mídias sociais ajudaram no engajamento de novos clientes. Os dados apontam a importância das startups aumentarem seus investimentos em estratégias digitais, consultoria especializada, qualificação da equipe e gestão profissional nas mídias sociais. É muito importante reforçar que essa é uma estratégia de médio a longo prazo e que é preciso continuidade para se ter um resultado consistente e relevante. Porém, existem algumas estratégias, que se bem segmentadas, a depender do seu objetivo e poder de investimento, podem gerar um retorno mais ágil, vale experimentar:

Facebook Leads
Youtube Notes
Twitter Leads
Instagram Leads
Linkedin Leads

 

Confira boas referências de startups nas mídias sociais:

 

 

Nubank

Com um posicionamento marcante nas mídias sociais, essa fintech (startup que fornece serviços financeiros) conseguiu mais que apenas seguidores, conquistando fãs da marca principalmente no Brasil. Com uma comunicação descolada e sem muita produção, a startup consegue engajar o público em todas as suas publicações e interações, que respiram a cultura da empresa.

Olha que criativa essa publicação que eles fizeram para comemorar a conquista de 10 mil inscritos no canal do YouTube da startup:

 

 

Samba Tech

A inovadora startup de soluções em vídeos online, é uma boa referência nas mídias sociais. Com mais de 24 mil seguidores só no Facebook, a Samba Tech sabe como nenhuma outra startup como usar o vídeo para alavancar o engajamento das suas publicações nas redes sociais.

 

Peixe Urbano

O grande diferencial dessa startup nas mídias sociais é o atendimento acessível e diferenciado que presta ao público, muito preocupada na experiência dos usuários em toda sua jornada de compra. Em sua passagem pelo Fórum de Marketing DigitalMonise Tonoli – Marketing e Customer Experience Manager na Peixe Urbano, falou sobre como está implementando o Customer Happiness implementada na estratégia de marketing da startup.

 

Uber

A Uber é outro exemplo de startup que sabe usar muito bem as mídias sociais para viralizar suas ações de brand marketing. O vídeo divulgado sobre a ação voltada para empreendedores que a Uber realizou em Belo Horizonte, teve mais de  50 mil visualizações no Facebook. Pela primeira vez no Brasil, a Uber viabilizou conexões entre empreendedores e mentores dentro de um carro através do #UberMENTOR, dá uma olhada nessa ação, que genial!  A campanha Transformando Vidas, também movimentou as mídias sociais da startup. Conheça algumas dessas histórias: http://t.uber.com/transformandovidas

 

Que tal imergir ainda mais no ecossistema de Startups?

 

 

Confira abaixo uma lista de grupos e páginas no Facebook, além de sites onde você pode conhecer outras startups nas mídias sociais e se inspirar na criação das suas estratégias digitais:

Product Hunt

Beta List

Lista Beta

Startup Pernambuco

Startup Maranhão

Startup Piauí

Startup-SC – Santa Catarina

Criciúma Vale do Carbono 

Startup Balneário Camboriú

Startup Joiville

Startup Amazonas

Startup Goiás

Startup São Paulo

Startup Tocantins

Startup Porto Alegre

Startup Rio Grande do Sul

Startup Mato Grosso do Sul 

Startup Brasília 

Startup Amapá

Startup Rondônia 

Startup Paraíba 

Startup Rio 

Startup Acre 

Startup Sorocaba 

Startup Natal 

Startup Tocantins

Startup Maringá 

Startup Ceará 

Startup Mato Grosso 

Startup Belo Horizonte 

Startup Curitiba 

Startup Aracaju

Caju Valley 

Rapadura Valley 

Vale de San Pedro 

Aracajé Valley 

Sururu Valley

jaraqui Vale 

Açai Valley 

Cajuína Valley 

jerimum Vale 

Sapucaí Valley 

Campinas Valley 

Alto Tietê Valley 

Taquari Valley 

Ilha Valley 

sudo Vale 

Capi Vale 

Minas Startup 

Manguezal Startup 

 

Outros links que valem a pena conferir:

 

Startup Brasil 

Grupo Startup Brasil 

Startupi – Aceleradoras 

21212 

Startup ACE 

StartSE 

Rede Global do Empreendedorismo

Rede Mulher Empreendedora 

Startupeando 

Brasil Innovators 

Cubo SP 

Campus Google SP 

Darwin Starter  

Midi Tecnológico 

Celta Parque da tecnologia Alfa 

Fundação Certi 

Sapiens Parque 

Sebrae / Feira do Empreendedor 

Endeavor Brasil 

Junior Achievement São Paulo 

Inovativa Brasil 

Associação Brasileira de Startups

Porto Digital

ACATE

Circuito Startup 

Startup Weekend 

Startup Farm

CASE

Criatividade nas Mídias Sociais 

 

Curtiu?

Continue acompanhando nosso blog e se souber de mais alguma dica de startup nas mídias sociais, manda nos comentários que incluímos na publicação.

Valeu! 😉

 

[escrito por Gabriel Leite – Fundador da Mentes Digitais]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *